TSE julga procedente ação de desfiliação de Thiago Flores do MDB

36
Deputado Thiago Flores. Foto: Agência Câmara

O ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu julgar procedente ação de desfiliação partidária do deputado federal Thiago Flores do MDB, legenda presidida em Rondônia pelo deputado federal Lúcio Mosquini. A decisão foi publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial do TSE e deixa livre o parlamentar para escolher qualquer partido sem perde a vaga de deputado.

Leia ainda:TRE-RO reprova prestação de contas do MDB; partido recebeu R$ 888 mil do Fundo Partidário em 2019

Na ação judicial, o parlamentar justificou que, por força de divergências internas irremediáveis, “sua permanência dentro da legenda tornou-se insustentável”. Thiago Flores disse ainda que tais incompatibilidades são de ordem local e/ou estadual, não reverberando na instância nacional.

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário