STF forma maioria para absolver ex-senador do MDB condenado por corrupção

16

Nesta sexta-feira (22), a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para absolver o ex-senador do MDB Valdir Raupp em uma ação decorrente da Operação Lava-Jato.  A informação é do jornal O Globo.

O ex-senador  foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em 2020.  A condenação foi motivada por doação irregular de R$ 500 mil  para campanha eleitoral de Raupp em 2010 e identificada pela Operação Lava Jato.

O relator da ação, ministro Edson Fachin, votou pela condenação de Valdir Raupp , apontando que havia indícios suficientes de que o ex-senador recebeu recursos provenientes do esquema de desvios da Petrobras. Gilmar Mendes, entretanto, abriu divergência e opinou que não havia provas contra o ex-parlamentar.

Em julgamento virtual iniciado nesta sexta-feira, o ministro  André Mendonça acompanhou voto de Gilmar Mendes, que também obteve apoio de Ricardo Lewandowski. Para a finalizar o caso, ainda falta  o voto do ministro Nunes Marques.

Fonte: Gazeta Brasil

Deixe seu comentário
Publicidade