Novo modelo de gestão no Hospital de Vilhena é destaque em universidade de Porto Alegre

14
Equipe técnica do TCE vai fiscalizar unidades de saúde do Estado para verificar a disponibilidade de UTI

Santa Casa de Chavantes implementou mudanças significativas que resultaram em uma transformação radical na qualidade dos serviços prestados pelo HRV

 

O presidente da Santa Casa de Misericórdia de Chavantes, cardiologista Dr. Anis Ghattás Mitri Filho, foi convidado para palestrar na Escola de Líderes da Santa Casa de Porto Alegre – Unilasalle, voltada para a formação de líderes e gestores na área da saúde, entidade que faz parte da Santa Casa de Porto Alegre, uma das maiores e mais importantes instituições filantrópicas do Brasil.

Durante a palestra, que aconteceu nesta sexta feira, 13, doutor Anis abordou o caso do Hospital Regional de Vilhena, localizado em Rondônia, como modelo de sucesso, que passou a ser administrado pela SCMC em fevereiro deste ano, após o estado de emergência em saúde pública ter sido decretado pelas autoridades locais.

Em apenas oito meses, a Santa Casa de Chavantes implementou mudanças significativas, tanto estruturais quanto nas equipes – desde a limpeza até a médica – que resultaram em uma transformação radical na qualidade dos serviços prestados pelo HRV, o qual atende a seis municípios na região sul de Rondônia, incluindo novos exames como endoscopia e colonoscopia, além de um aumento considerável na realização dos exames já existentes. Parcerias com o governo do estado também possibilitaram a realização de “mutirões” cirúrgicos, como de cataratas, pterígio, hérnias, entre outros.

Os indicadores que avaliam os serviços de saúde no município mostram que a Santa Casa garantiu um “up” de evolução na gestão, que avaliam mais de 7 mil itens agrupados em 4 categorias. Em apenas seis meses, houve um salto de 2.9 pontos para 7.8 pontos, refletindo um notável crescimento na melhoria de todas as atividades realizadas pela instituição, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Vilhena – SEMUS.

Durante sua apresentação no Curso de Extensão destinado a gestores e diretores da Santa Casa gaúcha, Dr. Anis compartilhou dados estatísticos do HRV, obtidos por meio dos Relatórios de Apoio à Gestão (RAGs), que evidenciaram as mudanças implementadas e que estão sendo reconhecidas pela comunidade vilhenense, conforme atestam pesquisas realizadas nas unidades de saúde locais, o que vem destacando o hospital como modelo de gestão no estado de Rondônia, e que despertou interesse como objeto de estudo no maior hospital do sul do país.

Dr. Anis destacou a interdição da UTI e da lavanderia pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária, a fila de mais de 200 mil procedimentos pendentes e a carência de especialistas como exemplos do caos que havia se instalado na área da saúde municipal de Vilhena na última década. Ele dirigiu seu discurso a uma plateia composta por mais de 60 gestores e diretores hospitalares, dentro do âmbito do curso de extensão oferecido pela Unilasalle.

Vale mencionar que Dr. Anis já recebeu diversos prêmios nacionais e atualmente é considerado uma das 100 personalidades mais influentes na área da saúde no Brasil, graças à sua liderança na gestão da SCMC.

SOBRE A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PORTO ALEGRE

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre é uma instituição privada, de 220 anos de fundação, de caráter filantrópico que mantém um conjunto de nove hospitais de várias especialidades, uma igreja, um cemitério e um centro cultural com arquivo, museu, biblioteca e espaços para as artes. Localizada no Centro Histórico da cidade de Porto Alegre, a instituição conta com 220 anos de história e quase 9 mil colaboradores. Além disso, possui uma escola de líderes dedicada à formação de profissionais na área da saúde.

Texto: Paulo Mendes.

Deixe seu comentário