Fabricante dos copos Stanley confirma presença de chumbo nos recipientes

28
Copo Térmico Stanley sem Tampa 473ml. Foto: Divulgação

Na última semana, os copos térmicos da renomada marca Stanley tornaram-se o centro de uma controvérsia nas redes sociais, especialmente nos Estados Unidos, após usuários conduzirem testes rápidos que revelaram a presença de chumbo nos produtos. Isso desencadeou uma onda de preocupação entre os consumidores.

O fabricante confirmou as alegações, admitindo que os copos Stanley realmente contêm chumbo em sua composição. Esclareceu que o metal é utilizado como material de colocação na base do copo, mas assegurou que um revestimento de aço inoxidável impede qualquer contato direto com o consumidor.

Em comunicado, a empresa afirmou: “A Stanley esclarece que não há chumbo em parte da superfície de seus produtos que entre em contato com o consumidor, ou com líquidos e alimentos que estejam sendo consumidos.”

Os copos térmicos da marca são conhecidos por suas paredes duplas e isolamento a vácuo, proporcionando a conservação eficiente da temperatura das bebidas em seu interior. O fabricante explicou que a porção de chumbo na base do copo é coberta por uma camada não ocupada de aço metálico, tornando-a inacessível aos consumidores após o selamento.

A empresa ressaltou que, em casos extremos nos quais a tampa de inox se solte, possivelmente expondo o selante, este ainda permanecerá sem contato com o conteúdo ou com o usuário. Apesar das garantias da Stanley, a polêmica levou a uma reavaliação da segurança dos produtos, gerando um debate sobre os padrões de fabricação e a divulgação de informações aos consumidores.

Com informações da Folha de São Paulo

Deixe seu comentário