Bancada feminina na ALE-RO volta a crescer e ganhar força nas comissões

74
Bancada feminina voltou a ganhar representatividade na ALE-RO

A bancada feminina na Assembleia Legislativa voltou a ganhar fôlego no parlamento rondoniense. Nas eleições de 2022, foram eleitas as deputadas estaduais Yeda Chaves (União Brasil-Porto Velho), a segunda mais votada do Estado, e a deputada reeleita Rosângela Donadon (União Brasil-Vilhena), para o terceiro mandato.

A bancada do batom seguem com as deputadas estreantes no parlamento: Cláudia da Jesus (PT-Ji-Paraná), Lebrinha (União Brasil-São Francisco) e Thaisa Souza (Guajará-Mirim).

O maior número de mulheres eleitas na Assembleia Legislativa foi na 4ª legislatura, período de 1995 a 1999. Foram eleitas na época Ini Fidelis (PTB), Ivone Abrão (PL), Lúcia Tereza (PTB), Mileni Mota (PL), Rosália Helena (PT), Sueli Aragão (MDB) e Nilce Casara (PFL).

A deputada Ieda Chave é presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, uma das mais importantes do parlamento. Cláudia de Jesus comanda a comissão de Saúde e está na comissão de Defesa do Consumidor. Lebrinha pilota a Comissão de Fiscalização e Controle.

Antes das eleições de 2022, o Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional 117 (originária da PEC 18/21), que obriga os partidos políticos a destinar no mínimo 30% dos recursos públicos para campanha eleitoral às candidaturas femininas. A distribuição deve ser proporcional ao número de candidatas.

MUDANÇAS NA ELEIÇÃO DE 2022

Pela nova regra, a cota vale tanto para o Fundo Especial de Financiamento de Campanha – mais conhecido como Fundo Eleitoral  – como para recursos do Fundo Partidário direcionados a campanhas. Os partidos também devem reservar no mínimo 30% do tempo de propaganda gratuita no rádio e na televisão às mulheres.

VEJA O PERFIN DAS DEPUTADAS ELEITAS EM 2022

Ieda Chaves (União Brasil-Porto Velho) Eleita com 24.667 votos. Vai assumir o primeiro mandato. Empresária e  primeira dama do município de Porto Velho. Nasceu na cidade de Paraíso do Norte (PR).

 

 

 

Gislaine Lebrinha – (União Brasil-São Francisco) Está no primeiro mandato. Ex-prefeita de São Miguel. 12.623 votos. Nasceu na cidade de  Nova Odessa (SP). Tem ensino superior completo. É servidora estadual. 

 

 

 

Rosângela Donadon. (União Brasil-Vilhena) Reeleita com 12.097 votos. Está no terceiro mandato. Nasceu em Barra do São Francisco (ES). Superior completo. Foi terceira vice-presidente da Assembleia Legislativa no biênio 2019-2021.

 

 

 

Cláudia de Jesus (PT-Ji-Paraná)  – Eleita com 8.845 votos. Está no primeiro mandato, Superior completo. Administradora.  Nasceu em Loanda (PR). 

 

 

 

DRA  Taisa Sousa  (PSC-Guajará-Mirim ) – Eleita com 7.649 votos. Advogada, superior completo. Está no primeiro mandato. Natural de Nova Mamoré (RO). Está no primeiro mandato. Já ocupou a função de Polícial Militar.

 

 

 

LEIA AINDA:

Reforma eleitoral beneficia deputada federal Silvia Cristina

ALE-RO nomeia membros das 7 comissões permanentes para o primeiro biênio | Valor & Mercado RO (valoremercadoro.com.br)

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário