União Brasil reúne campeões de votos nas duas últimas eleições para Assembleia

62
União Brasil deve garantir três vagas na Assembleia Legislativa de Rondônia, segundo apurou o site

Presidido no estado pelo governador Marcos Rocha, o União Brasil reúne deputados estaduais campeões de votos nas últimas eleições e com vários mandatos no curriculum. Batizado de grupo de morte, a nominata de pré-candidatos à Assembleia Legislativa reúne lideranças políticas com larga experiência na política e pré-candidatas mulheres com padrinhos políticos importantes em bases eleitorais estratégicas.

O União Brasil é resultado da fusão do DEM e PSL e este ano terá a maior fatia do fundo partidário. Com a mudança partidária permitida pela legislação eleitoral, ingressaram na legenda recentemente os deputados Adelino Folador (Ariquemes), Ezequiel Neiva (Cerejeiras) e Rosângela Donadon (Vilhena) e Cironé Deiró (Cacoal).

As mais recentes adesões ao União Brasil foram a ex-prefeita de São Francisco, Gislane Lebrinha, filha do deputado estadual José Clemente (São Francisco) e a primeira dama de Porto Velho, Yeda Chave (ex-PSDB). Lebrinha já foi prefeita de São Miguel do Guaporé e Yeda Chave é esposa do prefeito Hildon Chaves (PSDB), que está nos segundo mandato.

Segundo apurou site valoremercadoro.com.br junto aos articulistas políticos, a nominata de pré-candidatos à Assembleia Legislativa conseguirá eleger nas eleições de outubro no máximo três cadeiras, mas com possibilidade de garantir a quarta vaga no parlamento estadual.

Em função dessa acirrada disputa por vagas, que o União Brasil foi batizado de grupo de morte. Estimam que pelos menos dois deputados devem ficar de fora da próxima legislatura. “A legenda deve fazer no máximo três deputados”, disse o professor de ciências políticas Hebert Lins. Segundo ele, pode haver uma disputa acirrada pela quarta vaga no parlamento.

Veja como foi a votação dos deputados que estão filiados ao União Brasil nas eleições de 2018:

Adelino Follador 12.890 votos
Ezequiel Neiva 11.257 voto
Cirone Deiró 9.962 votos
Rosângela Donadon 9.053 voto

 

Adelino Follador (ex-DEM) já recebeu o título de campeão de votos em eleições anteriores. Sua principal base eleitoral está na região da Grande Ariquemes e na eleição de 2014 contabilizou 19.151 votos, o parlamentar mais votado proporcionalmente no Estado.

Rosângela Donadon tem base no cone sul do Estado e está no segundo mandato. Foi eleita na primeira eleição com 11.108 pelo PMDB, que na eleição de 2014 fez três cadeiras: Edson Martins e Juraci Barbosa, o popular “Só na benção”, todos com mais de 11 mil votos. Migrou para PDT e disputou a única vaga do partido com Ayrton Gurgacz (PDT) e foi reeleita com 11.108 votos. Filiada ao União Brasil, busca a terceira reeleição com o apoio da família Donadon, cuja base é forte na região.

Ezequiel Neva está no quinto mandato. Na eleição de 2014 fez 7.717. Já ocupou o cargo de diretor do Departamento de Estrada e Rodagens (DER) na gestão do ex-governador Confúcio Moura (MDB).

Cirone Deiró é de Cacoal e já ocupou o cargo de vice-prefeito do município na gestão da ex-prefeita Glacione Rodrigues (MDB). Desta vez não terá apoio de Glaucione, que é pré-candidata a uma vaga na Assembleia.

LEIA AINDA:

UNIÃO BRASIL É FORMADO E TERÁ MAIOR FATIA DO FUNDO ELEITORAL: 160 MILHÕES

Fonte: Redação Valor&MercadoRO

 

 

 

Deixe seu comentário
Publicidade