Rondônia registra 518 assassinatos em 2022, aponta Monitor da Violência

69

Um levantamento do Monitor da Violência, divulgado nesta quarta-feira (01.03), apontou que o Rondônia foi o 7° estado mais violento em 2022 em relação as maiores taxas de homicídios. Foram 28,5 mortos para cada 100 mil habitantes. 

Os dados do Monitor da Violência também indicam uma alta de 13% no número de mortes violentas em Rondônia. Em 2022 foram 518 assassinatos de janeiro a dezembro, ante 457 no ano anterior.

O crescimento da violência levou a Assembleia Legislativa a solicitar da Secretaria de Segurança Pública do Estado o planejamento de segurança pública para o exercício de 2023, com demonstração dos objetivos e metas de prevenção e enfrentamento aos crimes organizados a serem alcançados pela administração pública estadual.

Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa; Foto: Divulgação

Segundo dados divulgados pelo site G1 Rondônia, os estados do Norte e do Nordeste encabeçam a lista dos que têm mais assassinatos por habitante. Já os do Sul e Sudeste registram menos mortes violentas proporcionalmente à população.

Os dados do Monitor da Violência também indicam uma alta de 13% no número de mortes violentas em Rondônia. Em 2022 foram 518 assassinatos de janeiro a dezembro, ante 457 no ano anterior.

Uma das origens da violência em Rondônia é a expansão das facções criminosas do Sudeste, especialmente o PCC, de São Paulo, e o Comando Vermelho, do Rio.

Exemplo disso é que das mais de 500 mortes no estado no ano passado, 201 ocorreram na capital Porto Velho, onde facções disputam o tráfico de drogas em residenciais populares, como o Morar Melhor e o Orgulho do Madeira.

Leia ainda:

Sesdec terá de apresentar na ALE-RO planejamento de combate à criminalidade | Valor & Mercado RO (valoremercadoro.com.br)

Fonte: Com informações do G1 Rondônia

Deixe seu comentário