Rondônia declara estado de emergência em função de vírus de gripe aviária no MS

84
Primeiro caso de gripe aviária foi registrado em Bonito, no Mato Grosso do Sul. Foto: Divulgação

O governo de Rondônia, por meio do decreto nº 28.460/2023, declarou estado de emergência zoossanitária no Estado de Rondônia, em função da detecção da infecção pelo vírus da influenza aviária H5N1 de alta patogenicidade (IAAP) em aves silvestres no Brasil.

A decisão após o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) confirmar o 1º foco de gripe aviária em Mato Grosso do Sul na última segunda-feira (18). De acordo com a nota do ministério, a detecção do vírus da influenza aviária de alta patogenicidade (IAAP – H5N1) foi feita em uma criação de aves domésticas de subsistência no município de Bonito (MS).

De acordo com o decreto assinado pelo governador Marcos Rocha (União Brasil), está  suspensa, por 90 dias, a realização de exposições, torneios, feiras e demais eventos com aglomeração de aves.

Fonte: Redação Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário