Relatório da BR-319 completa três meses sem resultados; DNIT não recebeu documento

5
Ponte localizada na BR-319, que liga Rondônia ao Amazonas, desabou em 2022
Ponte localizada na BR-319, que liga Rondônia ao Amazonas, desabou em 2022

Três meses após o relatório produzido pelo Grupo de Trabalho (GT) da BR-319 ter sido entregue ao Ministério dos Transportes, onde passaria por alterações, o documento continua sem vir a público. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela manutenção da rodovia federal que liga o Amazonas a Rondônia, e que pode pedir novas licenças para recuperar trechos inadequados da via, diz que ainda não recebeu o relatório.

A recuperação total da rodovia é apontada por ambientalistas como um risco à conservação de uma região do Amazonas composta por unidades de conservação e por populações indígenas, e que já acumula os maiores níveis de desmatamento e queimadas no estado.

Fonte: A Crítica

Deixe seu comentário