MP abre inquérito para investigar suposto ato de improbidade em Guajará-Mirim

15
Veículo da prefeitura estaria sendo utilizado na propriedade do marido da prefeita Raissa

Após a notícia de utilização de máquinas da Prefeitura, em propriedade rural particular, a Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim realizou diligências preliminares, resultando na colheita de elementos mínimos de informação capazes de apontar a prática de conduta ímproba.

Diante desse quadro, instaurou-se Inquérito Civil Público para investigar suposto ato de improbidade administrativa, lesivo ao patrimônio público e causador de enriquecimento ilícito, consistente na utilização de máquinas pertencentes à Prefeitura de Guajará-Mirim, bem como de servidores públicos, em propriedade rural do esposo da gestora do Município.

Instaurado o procedimento, novas informações estão sendo requisitadas à Prefeitura, bem como ao comando do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira.

A apuração por suposta conduta ímproba prossegue sem prejuízo das investigações a cargo da Polícia Civil quanto a eventual crime de peculato.

ENTENDA O CASO

Maquinários da prefeitura de Guajará-Mirim estavam sendo utilizados na propriedade privada do esposo da atual prefeita do município, Raissa da Silva Paes na última quinta-feira (12). Antônio Bento do Nascimento recebeu voz de prisão no local e foi encaminhado à delegacia.

Fonte: MP

Deixe seu comentário