Ministro do STF concede liminar e suspende efeitos de condenação do ex-governador de Rondônia

87
Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques concedeu nesta quinta-feira (4/8) liminar e suspendeu os efeitos remanescentes da condenação penal imputada ao ex-governador Ivo Cassol (PP), até o julgamento do  presente revisão criminal.

O ex-governador foi condenado à pena de 04  anos de detenção, cumprida no regime
aberto, substituída por pena restritivas de direitos consistentes em prestação de serviços à comunidade, além da multa fixada em R$ 201.817,05.

O PP realiza convenção nesta sexta-feira (5/9) em Rolim de Moura. A princípio, o partido deveria coligar com Leo Moraes (Podemos) e indicaria a deputada federal Jaqueline Cassol (PP) ao Senado. Com a decisão do ministro Nunes Marques, Cossol será pré-candidato ao Senado e busca agora uma candidato a vice-governador na chapa.

Em vídeo publicado nas redes sociais, ele convidou a população para a convenção nesta sexta-feira e reafirmou a pretensão de disputar o governo, mesmo por meio de liminar.

Fonte: Redação Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário
Publicidade