Ministério Público de Rondônia contrata Cebraspe para realizar novo concurso

83
Sede do Ministério Público de Rondônia. Foto: MPRO

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) contratou a empresa Cebraspe  como organizador do novo concurso para cargos da área de apoio da instituição.  O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do órgão desta quarta-feira (11.01)

O passo seguinte será a definição do cronograma entre o Cebraspe e o MP RO para que o edital possa ser publicado. Caso os trâmites ocorram de forma rápida, é possível que o documento seja disponibilizado nos próximos dias.

Como organizador do concurso MP RO, o Cebraspe ficará responsável por receber as inscrições, viabilizar e aplicar as etapas da seleção, como as provas objetivas.

O número de vagas e o prazo para realização das inscrições e provas ainda não foram informados. Até o momento, o Ministério Público confirmou somente as áreas que serão contempladas no próximo edital.

Os cargos serão para área de Tecnologia da Informação (TI), tais como os de Analista Programador, Analista de Redes e Comunicação de Dados, Analista de Sistemas e Analista de Suporte Computacional.

Assim como para os cargos de Analista Contábil, Analista em Auditoria, Analista Estatístico, Analista em Jornalismo e Médico.

 

EXTRATO DO CONTRATO Nº 1/2023-PGJ

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA, com sede na Av. Jamari, nº 1555, bairro Olaria, CEP 76.801-917, Porto Velho/RO, inscrito no CNPJ sob o nº 04.381.083/0001-67, neste ato representado por seu Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira,doravante denominado CONTRATANTE, e o CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISA EM AVALIAÇÃO E SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CEBRASPE), inscrita no CNPJ sob o nº 18.284.407/0001-53, com sede no Campus Universitário Darcy Ribeiro, Edifício
CEBRASPE, Asa Norte, Brasília/DF, consoante competência designada pelo artigo 30, inciso IV do Estatuto do CEBRASPE, bem como na Delegação de Competência n° 1/2019 e da Resolução do Conselho de Administração CEBRASPE nº 15/2019, neste ato representada por sua Diretora-Geral, Adriana Rigon Weska, carteira de identidade nº 5.000.456.136 SSP/RS, inscrita no CPF sob o nº 346.917.231-53, e por sua Diretora Executiva, Cláudia Maffini Griboski, portadora da carteira de identidade nº 1038227862 SJS/RS e inscrita no CPF sob o nº 568.654.810-20, doravante denominada CONTRATADO, têm e tre si ajustado o presente instrumento objetivando a realização de concurso público para provimento de cargos efetivos vagos e cadastro de reserva do quadro de pessoal do Ministério Público do Estado de Rondônia, mediante contratação direta por inexigibilidade de licitação, com fundamento no art. 24, inciso XIII, da Lei 8.666/93, na Resolução nº 43/2022/PGJ, que regulamenta o Concurso Público no âmbito do MPRO (1187560), na Portaria nº 1924/PGJ, de 24/10/2022 (1207678), que institui a Comissão de Concurso de Provas e Títulos para Ingresso no Quadro de Pessoal Administrativo do Ministério Público do Estado de Rondônia, nos termos da Lei Complementar Estadual nº 303/2004 e nas condições contidas no Processo Administrativo SEI nº 19.25.11000930.0004012/2022-76 – MP/RO, que fazem parte integrante deste termo, mediante as cláusulas e condições seguintes:

DO OBJETO
O presente instrumento de contrato tem por objeto a contratação de instituição especializada na prestação de serviços técnicos, com vistas à organização e à realização de concurso público destinado ao preenchimento de vagas em cargos de nível superior do quadro de pessoal do CONTRATANTE.

PREÇO E FORMA DE PAGAMENTO
O CONTRATADO se compromete a organizar e executar as atividades relativas aos serviços técnico-especializados descritos neste contrato. Em razão da impossibilidade de prever com exatidão o quantitativo de participantes inscritos no concurso público, estima-se
que o valor global para este instrumento de contrato é de R$ 466.034,22 (quatrocentos e sessenta e seis mil e trinta e quatro reais e vinte e dois centavos), considerando o total estimado de 3.100 (três mil e cem) inscrições efetivadas.

Fonte: redação Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário