Hamas elogia Lula por criticar ações de Israel na Faixa de Gaza

64
Grupo terrorista Hamas. Foto: Reprodução

O grupo extremista Hamas declarou que “valoriza” as declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que comparou as ações das forças de Israel na Faixa de Gaza ao do nazista Adolf Hitler contra judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Leia também: Conib repudia fala de Lula que banaliza o Holocausto

Em mensagem publicada na rede social Telegram, o Hamas considerou a fala do petista como uma “descrição precisa” do que os palestinos estão enfrentando, com o apoio do líder americano Joe Biden.

Pedimos ao Tribunal Internacional de Justiça que leve em consideração a declaração do presidente brasileiro sobre o que o povo palestino está passando nas mãos do exército de ocupação criminoso”, disse o grupo, enfatizando que os palestinos estão sendo submetidos a “atrocidades sem precedentes” na era moderna.

A declaração do Hamas foi recebida de forma negativa. Segundo fontes, a ala política de Lula irá sugerir uma espécie de “carta ao povo judeu” do petista quando ele retornar ao Brasil. A intenção é minimizar os danos.

Declaração de Lula

Lula disse em coletiva de imprensa que o que está acontecendo na Faixa de Gaza não é uma guerra, mas sim um genocídio e fez referências às ações de Hitler contra os judeus.

“O que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existiu em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu, quando Hitler resolveu matar os judeus”, disse Lula.

O presidente fez a declaração depois de ser questionado sobre a decisão de alguns países de suspender repasses financeiros à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Próximo Oriente (UNRWA, na sigla em inglês), após denúncias israelenses de que 12 funcionários teriam participado dos ataques terroristas do Hamas contra Israel em 7 de outubro.

Na última quinta-feira (15), Lula afirmou que o Brasil irá fazer um novo aporte de recursos para a UNRWA. “Exortamos todos os países a manter e reforçar suas contribuições”, disse Lula durante sessão extraordinária da Liga dos Estados Árabes, no Cairo.

Fonte: BandNews

Deixe seu comentário