Governo vai apresentar corredor de importação do Acre durante evento na ALE-RO

60

A secretaria de Indústria e Comércio do Acre, SEICT, vai apresentar o potencial e as vantagens para exportação por meio do Corredor Interoceânico do Acre com o Perú, usando a rota da Br 317. Na próxima segunda-feira, 10, na Assembleia Legislativa de Rondônia, em Porto Velho, o secretário Assurbanípal Mesquita, representando o governo do Acre, vai mostrar as potencialidades do estado e a agenda de fortalecimento da rota Interoceânica Amazônia Ocidental com as presenças de dezenove deputados estaduais, entre eles o presidente e o primeiro secretário da ALEAC, Luiz Gonzaga e Nicolau Júnior, empresários e representantes do governo peruano, presidentes de Federações, do governo federal e do estado anfitrião.

“Nossa proposta é estimular as empresas e os governos de Rondônia Mato Grosso e Amazonas, a apostarem na exportação pelo corredor interoceânico que passa aqui pelo Acre. Vamos em busca de parceiros comerciais para fortalecer as relações comerciais”, disse Assurbanípal.

Segundo levantamento da Agência de Negócios do Acre, o comércio internacional de Rondônia, em 15 anos, movimentou apenas 0,16% de exportação por essa rota. É esse mercado que o Acre quer trazer para fortalecer o comércio internacional na região, observou o presidente da ALEAC, Luiz Gonzaga, que na manhã desta sexta-feira (7), participou da reunião da Câmara Temática do Comércio Exterior, que tratou do encontro que vai ocorrer na capital rondoniense.

“Olhando os números das exportações do nosso vizinho, vejo um grande potencial econômico que podemos canalizar para fortalecer nosso comércio internacional. Nossa missão é convencer os investidores a apostarem nessa rota, e isso a equipe do governo tem competência para fazer”, disse Gonzaga.

A ALEAC vai transmitir a reunião ao vivo utilizando internet via satélite, pelo canal da ALEAC TV no Youtube.

Fonte: Ale-AC

Deixe seu comentário