Ex-comandante da Marinha deixa de reconhecer Lula como presidente

127
Ex-comandante da Marinha não compareceu ao evento de troca de comando
O almirante de esquadra Almir Garnier Santos, ex-comandante da Marina indicado por Jair Bolsonaro, faltou à solenidade de troca de comando realizada agora há pouco no clube naval, em Brasília.

Em postura oposta ao seu antecessor, o agora comandante da Marinha, o almirante de esquadra, Marcos Sampaio Olsen expressou “notória gratidão” a Lula. Ele foi o único dirigente das três Forças Armadas a fazer referência ao presidente da República petista.

Ao longo dos últimos dias, Santos havia sinalizado que não bateria continência ao petista, nem participaria da troca de comando. Ele era considerado um dos comandantes mais próximos do agora ex-presidente Jair Bolsonaro.

Essa foi a primeira vez que um ex-comandante não compareceu a esse tipo de solenidade desde a redemocratização.

Fonte: Terra Brasil

Deixe seu comentário