Caminhoneiros anunciam nova paralisação e estabelecem prazo para governo Bolsonaro

18
Polícia Rodoviária Federal monitora protestos de caminhoneiros no Paraná

Entidades que representam os caminhoneiros reuniram-se no sábado (16.out.2021) e deram prazo de 15 dias para que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) atenda as reivindicações da categoria. Caso contrário, os motoristas vão parar a partir de 1º de novembro. As informações são do Poder360.

Entre as demandas estão o estabelecimento e cumprimento de um frete mínimo, redução do preço do diesel e revisão da política de preços da Petrobras. Estiveram reunidos a CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística), o CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas) e a Abrava (Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores). As entidades são ligadas aos caminhoneiros autônomos que participaram da greve de 2018.

Fonte: Poder360.com.br

Deixe seu comentário
Publicidade