Câmara de Aratiba reduz subsídio dos vereadores para um salário mínimo em 2025

57
Plenário da Câmara de Arabita. Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores de Aratiba, município de 6,5 mil habitantes do norte do RS, aprovou na segunda-feira (18) a redução do salário dos parlamentares. O atual pagamento de R$ 5.891,49 passará a ser de R$ 1.320, ou um salário mínimo, a partir de 2025, quando começa a nova legislatura.

Segundo o vereador autor do projeto, Rafael Juliano Dino (PTB), que também é presidente da Casa, o debate surgiu há pelo menos oito anos, quando um projeto de lei de iniciativa popular coletou assinaturas e encaminhou a solicitação para reduzir o salário dos parlamentares. Na época, ele foi um dos líderes da ação.

A estimativa, segundo Dino, é que a mudança permita uma economia de mais de R$ 2 milhões na Câmara de Vereadores na próxima legislatura, com os quatro anos vigentes. A Casa é composta por nove parlamentares, sendo o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) a maior bancada, com cinco vereadores. O projeto teve quatro votos favoráveis, três contrários e uma abstenção.

Fonte: GZH

Deixe seu comentário