Rondônia abate 155,75 mil cabeças de bovinos no primeiro trimestre de 2024

14
Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil

Os resultados da produção animal no 1º trimestre de 2024 apontam que o abate de bovinos subiu 24,6%, o de suínos caiu 1,6% e o de frangos teve queda de 1,2% ante o mesmo período de 2023. Os números foram divulgados pelo IBGE nesta quinta-feira (06.06) e mostram que Rondônia abateu 15,75 mil cabeças de bovinos no período.

O abate de 1,84 milhão de cabeças de bovinos a mais no 1º trimestre de 2024, em relação ao mesmo período do ano anterior, foi impulsionado por aumentos em 23 das 27 Unidades da Federação (UFs).

Entre aquelas com participação nacional a partir de 1,0%, os incrementos mais significativos ocorreram em: Mato Grosso (+420,07 mil cabeças), Goiás (+263,41 mil cabeças), São Paulo (+219,41 mil cabeças), Minas Gerais (+206,49 mil cabeças), Pará (+180,04 mil cabeças), Rondônia (+155,75 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+110,36 mil cabeças), Bahia (+58,08 mil cabeças) e Paraná (+46,73 mil cabeças). Em contrapartida, a variação negativa mais expressiva ocorreu no Rio Grande do Sul (-34,41 mil cabeças).

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário