Em crise: Americanas fecha 4 lojas e encerra 950 contratos temporários

20
Lojas Americanas, no Porto Velho Shopping. Foto: Divulgação

A Americanas fechou quatro lojas no fim de 2023. Entre 25 e 31 de dezembro, a empresa também encerrou 950 contratos temporários.

A informação foi repassada pela própria companhia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última quinta-feira, 4. No último dia do ano, a Americanas tinha 1.754 lojas pelo país, o que corresponde a 93,2% do registrado antes da recuperação judicial.

Os 950 contratos temporários encerrados representam 80% das demissões registradas, segundo a CNN Brasil. A Americanas também teve 180 pedidos de saída, 40 fins de contratos de experiência e 18 demissões involuntárias.

Em comunicado, a empresa disse que “o número absoluto de desligamentos permanece em linha com os períodos anteriores à decretação da recuperação judicial”.

Também disse que “seu quadro de funcionários é sazonal por natureza, variando conforme oscilações do mercado de varejo e com picos nas épocas de datas comemorativas, como Páscoa, Black Friday e Natal”. O relatório também informa que, durante o período, a Americanas realizou pagamentos de R$ 311 milhões e recebeu R$ 429 milhões.

Fonte: Revista Oeste

Deixe seu comentário