Dono da Ortopé demite 517 funcionários e anuncia fechamento de fábrica

53
Fábrica Ortopé. Foto Divulgação

O Grupo Dok (Birigui/SP), dono da marca de calçados Ortopé e da rede de lojas Esposende, demitiu 517 funcionários na terça-feira, 31 de janeiro. Os desligamentos ocorreram nas fábricas da empresa no Sergipe. Foram demitidos 330 trabalhadores na planta industrial de Frei Paulo/SE e todos os 187 colaboradores da unidade produtiva de Salgado/SE, que foi fechada.

“Lutamos para ajudar no que foi possível para manter os postos de trabalho, mas mesmo assim não conseguimos”, afirma ao Exclusivo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados, Fiação e Tecelagem dos Municípios de Frei Paulo, Carira, Ribeirópolis e Lagarto (Sindcafit), Roniclécio Alves.

Nas fábricas do Sergipe, além das etiquetas próprias (Dok, Dijean e Ortopé), o Grupo Dok produz no formato private label para as marcas Arezzo e Puma. “A empresa alega que as demissões ocorreram devido ao rompimento do contrato com a Puma”, comenta o dirigente do Sindcafit.

Os trabalhadores demitidos aguardam agora o prazo limite (dez dias a contar da data de demissão) para que seja feito o processo legal de homologação das contas rescisórias. Em Frei Paulo, o Grupo Dok ainda mantém 1.450 empregos diretos.

Fonte: Jornal Exclusivo
Deixe seu comentário