Dívida de R$ 1,7 bi da Energisa com Estado deve ser aplicada na construção de hospitais, sugere deputado

171

O deputado estadual Luizinho Goebel (PSC) defendeu nesta terça-feira (21.03) na comissão de Defesa do Consumidor uma proposta para ajudar a sanar a dívida da empresa Energisa com o governo de Rondônia. A empresa deve R$ 1,7 bilhão aos cofres do Estado. 

“Estaremos apresentando nos próximos dias uma proposta que pode vir a ser uma solução para a dívida da Energisa junto ao estado para que ela seja convertida na construção de hospitais em Rondônia, visto que este é um problema que atinge os nossos municípios e seria uma compensação para nossa população”, adiantou o deputado.

Representantes da empresa foram convidados a participar da reunião da comissão. O deputado estadual Delegado Camargo (Republicanos) cobrou uma atuação mais efetiva da Energisa no estado. “Sabemos que existe um débito astronômico da empresa com o estado no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS. A Energisa deve R$ 1,7 bilhão ao governo e tem que buscar uma solução”, afirmou.

 

O gerente administrativo da Energisa, Fernando Tupan, explicou que a Energisa tem atuado na melhoria do fornecimento da energia à população. “Hoje nós temos energia elétrica para os próximos 20 anos e uma presença maior nos 52 municípios. Atualmente, estamos 56% melhor do que antes da Energisa assumir a concessão em Rondônia”.

Fonte: Redação Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário