Deputados de Rondônia assinam CPI do MST na Câmara Federal

171
Reunião das Comissões na Câmara Federal. Foto: Agência Câmara

Cinco deputados de Rondônia assinaram requerimento para a criação da CPI do MST na Câmara Federal. O documento recebeu 172 assinaturas, número necessário para instalação da CPI. Veja a lista completa de quem assinou a CPI do MST.

Assinaram o documento os deputados Coronel Chrisóstomo (PL), Dr. Fernando Máximo (UB), Cristiane Lopes (UB), Silvia Cristina (PL) e Lebrão (UB). O requerimento de assinatura da CPI é de autoria do deputado Tenente Coronel Zucco (Republicanos-RS), que faz parte da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Na terça-feira, os membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) deputado Tenente Coronel Zucco, Kim Kataguiri (União Brasil-SP) e Ricardo Salles (PL-SP) unificaram os requerimentos de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as invasões de terras produtivas praticadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no país.

O presidente da bancada da FPA, deputado Pedro Lupion (PP-PR), destacou em entrevista coletiva nesta terça-feira (14.03), na Câmara dos Deputados, que “a bancada apoiará em peso a criação da CPI”. O colegiado conta com 348 parlamentares no Congresso Nacional.

“A inciativa partiu dos membros da bancada para eleger um único texto e a proposta definida foi a apresentada pelo deputado Coronel Zucco”, afirma Lupion.

Os requerimentos pela CPI foram apresentados depois de o MST invadir fazendas nos municípios de Teixeira de Freitas, Mucuri e Caravelas, no sul da Bahia, e Macajuba, no centro-norte baiano. A senadora Tereza Cristina (PP-MS) ressaltou que o setor agropecuário não é contra a reforma agrária, mas sim contra invasões de terras.

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário