TSE fixa limite de gastos para campanhas nas eleições deste ano

20
Edifício sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (30/06), por unanimidade, que o limite de gastos para campanhas neste ano será o valor de 2018, reajustado pela inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Para disputa pela Presidência da República, o limite de gastos de campanha em 2018 foi de até R$ 70 milhões para o 1º turno das eleições.

No 2º turno, mais R$ 35 milhões. O teto para campanhas de deputados federais e distritais foi de R$ 2,5 milhões e R$ 1 milhão, respectivamente.

Para cargos de governador e senador, o limite varia de acordo com o eleitorado de cada Estado. Levando em conta o IPCA no período, os limites para campanhas em 2022 devem ser de:

presidente: R$ 88,3 milhões no 1º turno e mais R$ 44 milhões para o 2º turno, se houver; deputado federal: R$ 3,1 milhões;

deputado distrital: R$ 1,2 milhão.

Fonte: Poder360

Deixe seu comentário
Publicidade