Show de Gustavo Lima e milhares de pessoas em bares sem máscaras marcam o final de semana em Porto Velho

47
Show do cantor Gustavo Lima ocorreu na última sexta-feira em Porto Velho. Foto Diego Queiroz

Enquanto prefeituras de outros estados proibiam queima de fogos nas praias tradicionais do Brasil, Porto Velho caminhava no sentido oposto na última sexta-feira (3). O show do cantor Gustavo Lima, ocorrido na última sexta-feira (3), reuniu milhares de pessoas sem mascaras no estádio Aluízio Ferreira, na capital rondoniense. O desrespeito com a saúde é nítido nas redes sociais em Porto Velho.

Um dia antes do mega-evento, um advogado ainda entrou com uma tutela de urgência na Justiça para impedir a realização do show, mas a decisão não foi acatada.

O mega-show aconteceu uma semana após o Tribunal de Contas do Estado instaurar Inspeção Especial para verificar a ocupação de leitos de UTI em Rondônia. Segundo o TCE, “60.842 pessoas ainda não tomaram a 1ª dose da vacina, no Município de Porto Velho; e, ainda mais grave, 98.543 deixaram de tomar a 2ª dose; e, portanto, não completaram o ciclo da imunização”, diz o relatório.

Em recente reunião no TCE, o secretário de saúde do EstaDo, Fernando Rodrigues Máximo explicou que houve aumento de 300% no número de casos, “passando de 650 casos ativos no Estado – no ponto mais baixo – para os atuais 2.433 casos. E, ainda que não na mesma proporção, também existiu a elevação das internações, principalmente daquelas pessoas que deixaram de tomar a vacina ou não completaram o ciclo de imunização”.

Mas o show do cantor Gustavo Lima não é um ato isolado. Nos bares da cidade de Porto Velho, centenas de pessoas seguem participando de festas sem usar máscaras, conforme estabeleceu a prefeitura de Porto Velho na última semana por meio de decreto que obrigando o uso da máscara em locais aberto. Na noite de ontem, a reportagem flagrou várias pessoas em bares das avenidas Pinheiro Machado, Carlos Gomes e em bares da Zona Sul sem utilizar a máscara.

Em Rondônia, o único prefeito que proibiu a festa de réveillon foi Alex Testoni, de Ouro Preto do Oeste.

Fonte: Redação Valor

Deixe seu comentário
Publicidade