Prefeitos acusados de receber propina vão ficar afastados por 120 dias

14
Dinheiro apreendido durante a operação Reciclagem, deflagrada hoje em Rondônia

Os prefeitos Luizão do Trento (PSDB-Rolim de Moura); Glaucione Rodrigues (MDB-Cacoal); Gislaine Clemente (MDB-São Francisco) e Marcito Pinto (PDT-Ji-Paraná), vão permanecer afastados da função pública por 120 dias. O quarteto foi preso nesta sexta-feira (25) pela Polícia Federal durante a operação “Reciclagem”, que investiga pagamento de propina aos executivos.

O esquema de pagamento foi denunciado por um empresário, que recebeu autorização da Justiça para gravar a entrega de envelopes de dinheiro. De acordo com as investigações, o esquema começou pelo município de Rolim de Moura, administrado por Luizão do Trento. Na residência foram encontrados cerca de R$ 5 milhões, além de joias.

Os quatros prefeitos, segundo o delegado Flori Cordeiro, da Superintendência da Policia Federal em Ji-Paraná, estão presos. A prisão temporária é de cinco dias e poderá ser prorrogada por mais cinco. Os advogados dos acusados estudam o processo e não quiseram se manifestar.

Fonte: valoemercadoro.com.br

Deixe seu comentário
Publicidade