Prazo para declarar rabanho junto ao Idaron é prorrogado até o dia 15

74

Os produtores inadimplentes, que não conseguiriam fazer a declaração dentro do período estabelecido, terão as fichas bloqueadas para movimentação e emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA) e de documentos, mas devem procurar as unidades da Idaron, através de WhatsApp, formulários online ou pelo 0800 647 4337, para fazer sua declaração, para que evite a busca ativa in loco na propriedade. O prazo expira no próximo dia 15 de julho.

A explicação é do médico veterinário Júlio Cesar Peres, presidente da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), ao comemorar o resultado da campanha da vacinação. “O governo Marcos Rocha fez um grande esforço para possibilitar ao produtor fazer a declaração sem sair de casa, para prevenir contágio pela Covid-19. Graças a esse esforço, conseguimos a adesão de 96% do público, um resultado mais que satisfatório”, avaliou.

Iniciada no último mês de maio, depois de mais de 60 dias de prazo, chegou ao fim, nesta terça-feira. A campanha de declaração de rebanhos faz parte das estratégias adotadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para que Rondônia seja reconhecida internacionalmente como área livre de aftosa sem vacinação. “É a contribuição do produtor para que o Estado mantenha o controle da qualidade do rebanho”, destaca Júlio Cesar.

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário
Publicidade