PF faz operação na ALE do Acre e apreende R$ 120 mil na residência do presidente

41

Mais de 50 policiais federais participam da operação Aculeo, cumprindo 33 mandados judiciais, sendo 18 mandados de busca e apreensão, 13 medidas cautelares substitutivas à prisão e 02 mandados de afastamento cautelar do cargo público (Pregoeiro e Ex-prefeitos) na Assembleia Legislativa e em Cruzeiro do Sul nesta sexta-feira, 11.

A PF esteve na casa do advogado e presidente do MDB do município, Jonathan Donadoni, e na casa do pré-candidato a prefeito pelo MDB, Fagner Sales. As medidas de buscas e apreensão estão sendo feitas na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), bem como nas residências de ex-servidores públicos, servidores públicos em exercício, agentes políticos e de empresários do Vale do Juruá.

As medidas cautelares pleiteadas pela Polícia Federal foram deferidas pelo Tribunal Regional da 1ª Região, com manifestação favorável da Procuradoria da República da 1ª Região, após a apresentação pormenorizada de uma minuciosa investigação.

Foi determinado o bloqueio dos ativos financeiros no país dos principais envolvidos no montante de R$ 5.140.594,00 (cinco milhões cento e quarenta mil quinhentos e noventa e quatro reais), assim como o sequestro de bens imóveis e/ou arresto de bens móveis dos investigados, casos os ativos financeiros não alcancem o valor suficiente para uma possível recomposição do dano ao erário.

As medidas cautelares pleiteadas pela Polícia Federal foram deferidas pelo Tribunal Regional da 1ª Região, com manifestação favorável da Procuradoria da República da 1ª Região, após a apresentação pormenorizada de uma minuciosa investigação realizada na Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro do Sul. “A Polícia Federal continuará a apuração, com a análise do material apreendido na Operação, preservando os direitos fundamentais dos investigados”, diz o órgão.

Fonte: AC24horas

Deixe seu comentário