Pazuello evita dar coletiva em Porto Velho e participa de reunião fechada

5
O ministro Eduardo Pazuello evitou dar coletivas. (Foto Sérgio Vale)

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, evitou dar coletivas em Rio Branco (AC) nesta segunda-feira (15). Saiu sem falar com a imprensa local e às pressas para Porto Velho (RO). Na capital rondoniense, o ministro também não falou com a imprensa e participou de uma reunião fechada com o governador Marcos Rocha e equipe que trabalha no combate ao Covid-19. Ele chegou no Estado por volta das 17 horas e foi recebido pelo governo na base aérea da capital.

NO ACRE

A esticada no pronunciamento do governador do Acre Gladson Cameli fez com que o cerimonial do ministério da saúde cancelasse a fala de Pazuello durante a cerimônia de entrega do Hospital de Campanha em Rio Branco.

Um bilhetinho informando o compromisso do ministro foi levado até o púlpito onde discursava o governador Gladson Cameli. Empolgado com a entrega da obra, o governador do Acre saiu da leitura de protocolo e no improviso acabou esquecendo da agenda ministerial.

O ministro ainda almoçou em um restaurante na Via Verde. O cerimonial do Palácio Rio Branco não informou o motivo de não haver coletiva. O Acre foi o primeiro estado visitado por Pazuello após a crise do ministério da saúde na alteração do anuncio dos casos de covid-19, fato que desgastou as ações do governo federal a nível internacional.

(Ac24horas)

Deixe seu comentário
Publicidade