Movimentação de cargas nos portos de RO reduz 23,3%

27
Movimentação no Porto Graneleiro de Porto Velho teve queda nos primeiros meses. Foto: Rafaela Schuindt

Da reportagem local – De janeiro a maio de 2020, o setor portuário brasileiro (portos organizados + terminais de uso privado) movimentou 436,445 milhões de toneladas. O número representa um crescimento de 3,98% em comparação com igual período do ano passado.

Os números são do Estatístico Aquaviário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários  (ANTAQ), e mostram que em Rondônia a movimentação de cargas na navegação teve uma queda negativa de 23,3%. Além de Rondônia, a queda da movimentação também aconteceu no Rio Grande/RS (-11,4%).

Destaques positivos para o incremento de movimentação foram: Estação Cianport Miritituba/PA (+30,2%), Porto Gregório Curvo/MS (+55,7%), Terminal Vila do Conde/PA (+43,2%), Terminais Fluviais do Brasil/AM (+39,6%) e Hidrovias do Brasil Miritituba/PA (+32,8%).

Segundo apurou o site Valor&MercadoRO, o terminal de Expedição de Grãos Portochuelo, em Porto Velho, movimentou 802.659 toneladas de cargas, enquanto a Estação Cujubinzinho 646.998 toneladas. Já o Porto de Porto Velho fechou com  629.323 toneladas, um saldo negativo de 22,34%.

Fonte: Valor&MercadoRO

Deixe seu comentário
Publicidade