Maria Eliza, suplente de Confúcio Moura, toma posse no Senado Federal

49
A empresária e professora Maria Eliza de Aguiar e Silva tomou posse no mandato de senadora, por conta do afastamento temporário do senador Confúcio Moura (MDB-RO), titular do cargo

A empresária e professora Maria Eliza de Aguiar e Silva tomou posse, nesta terça-feira (28), no mandato de senadora, por conta do afastamento temporário do senador Confúcio Moura (MDB-RO), titular do cargo.

Primeira suplente na chapa de Confúcio Moura e há 37 anos em Rondônia, Maria Eliza de Aguiar e Silva (MDB-RO) é dentista de formação e trabalhou em alguns cargos de gestão. Na década de 90, migrou para a área educacional no ramo de Odontologia. Após prestar juramento perante à Mesa, a nova senadora reforçou que somente por meio da educação haverá inclusão e transformação social no Brasil.

— Hoje nós vivemos crise nas creches. Precisamos ter valorização do papel educacional, das mães do Bolsa Família em ações coordenadas e conjugadas para romper o círculo da pobreza. Aspectos relacionados ao ensino integral se fazem necessários, algumas políticas como o Pronatec têm que ser retomadas, assim como a ampliação do Fies, a diminuição dos juros praticados e a valorização do Prouni para favorecer a transformação social — defendeu a senadora, natural de Arapongas (PR).

A posse de Maria Eliza de Aguiar e Silva foi saudada em Plenário pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e pelos senadores Acir Gurgacz (PDT-RO), Marcelo Castro (MDB-PI) e Marcos Rogério (DEM-RO). A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) também saudou Maria Eliza de Aguiar e Silva e disse que a bancada feminina do Senado conta agora com 14 senadoras.

O vice-líder do MDB, senador Marcelo Castro (MDB-PI), recepcionou a nova senadora em nome do partido.

— Dou as boas-vindas à senadora, que tem uma missão importante aqui, no Senado Federal, de representar o seu estado de Rondônia. Uma pessoa que tem uma longa folha de serviços prestados àquele estado como professora, como empresária, no ramo da educação. E eu já aproveito para fazer um convite à nova senadora para ocupar a vaga na Comissão de Educação do Senado.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) também desejou as boas-vindas à senadora que representa o mesmo estado.

— Faço votos de que sua chegada a este Senado Federal, especialmente num momento tão desafiador para todos nós, quando ainda estamos no curso do enfrentamento a uma pandemia que nunca antes tivemos nessa dimensão, com sua experiência, a sua lucidez, a sua visão, o conhecimento que tem acerca de Rondônia, nos seus potenciais e também nos seus desafios, que sua presença aqui traga contribuições efetivas ao nosso estado — disse.

Pronunciamento

Em seu primeiro pronunciamento, depois de tomar posse no cargo, a senadora Maria Eliza de Aguiar e Silva (MDB-RO) destacou a importância da educação e sua responsabilidade para a mobilidade social. A senadora acredita que uma mudança muito positiva para o país pode ser encontrada através da educação. Maria Eliza é suplente do senador Confúcio Moura (MDB-RO), que está licenciado.

A senadora declarou ser favorável a políticas de financiamento do ensino superior, com ampliação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e diminuição dos juros praticados. Maria Eliza acredita que aspectos relacionados ao ensino básico em tempo integral são necessários, assim como o ensino médio profissionalizante, que deveria retomar o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Em relação a educação infantil, a senadora afirmou que o Brasil vive uma crise nas creches.

— Nós precisamos ter uma valorização do papel educacional, das mães da Bolsa Família, em ações coordenadas e conjugadas para romper o ciclo da pobreza.

 

Fonte: Agência Senado

Deixe seu comentário
Publicidade