Marcos Rocha diz que tem liberdade para conduzir o União Brasil em RO e apoiar Jair Bolsonaro

59
Governador Marcos Rocha (d) durante entrevista ao jornalista Jota Júnior, na Rede AtIva FM

O governador Marcos Rocha disse neste sábado (9) que tem autorização da Executiva Nacional do União Brasil de apoiar em Rondônia a candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Rocha assumiu na última quarta-feira (6) a presidência regional da legenda, em evento ocorrido em Brasília. O partido é resultado da fusão PSL-DEM e não apoia Jair Bolsonaro. A nova legenda terá candidatura própria à Presidência.

“Eu tenho liberdade de atuação em Rondônia. Antes de assumir a direção regional do partido, eu já havia conversado com as lideranças das duas legendas dessa condição”, disse o governador, em entrevista ao programa Jogo Aberto, apresentado na Rede Ativa FM pelo jornalista Jota Júnior.

Marcos Rocha acrescentou que foi eleito governador de Rondônia com apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Sobre eventual candidatura do ex-senador do PP, Ivo Cassol disputar o governo de Rondônia em 2022, e também da possível candidatura de Marcos Rogério (DEM) ao governo com apoio de Jair Bolsonaro, Marcos Rocha disse que não consegue visualizar algum problema. “Não me tornei bolsonarista da noite para o dia. Se ano que vem o presidente dizer que vai apoiar outra candidatura ao governo em Rondônia não tem problema. Isso pode acontecer”.

LEIA AINDA:

União Brasil: Fusão DEM-PSL em Rondônia reúne maiores lideranças do Estado

Fusão DEM-PSL em Rondônia vai impulsionar fundos eleitoral e partidário para eleições de 2022

Democratas elege 8 prefeitos, 5 vices e mais de 50 vereadores em Rondônia

Deixe seu comentário
Publicidade