Idaf constata alta incidência de ferrugem asiática da soja em propriedades no Acre

A identificação da praga se deu em duas propriedades localizadas no município de Capixaba.

3
A identificação da praga se deu em duas propriedades localizadas no município de Capixaba

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf) confirmou a informação do engenheiro agrônomo Josimar Ferreira, da Universidade Federal do Acre (Ufac), de que a ferrugem asiática da soja, a pior doença que afeta a cultura, já chegou ao estado. A identificação da praga se deu em duas propriedades localizadas no município de Capixaba.

O chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal do órgão, Alex Elias Braga de Paula, informou que uma equipe visitou as duas propriedades e constatou uma alta incidência da ferrugem asiática em toda a lavoura em ambas as localidades. Segundo ele, o ataque foi severo, queimando toda a folhagem, o que faz com que a planta acelere o período reprodutivo.

Alex de Paula disse que os proprietários estão sendo devidamente orientados a respeito das medidas sanitárias a serem tomadas. Uma dessas medidas é o vazio sanitário, período em que não se pode semear ou manter plantas vivas de uma espécie em uma determinada área, reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem asiática.

Fonte: Com informações do AC24horas

Deixe seu comentário
Publicidade