Exportação de carne bovina perde bom desempenho na primeira semana de junho

5
Carne produzida em Rondônia segue com destino ao mercado internacional por meio do porto Graneleiro

A primeira semana de junho de 2020 demonstrou um desempenho fraco nas exportações de carne bovina em comparação ao que o país estava registrando nos últimos meses. De acordo com a consultoria Agrifatto, o volume médio diário embarcado nos primeiro cinco dias deste mês foi de 5,47 mil toneladas, uma queda de 29% frente a média diária do mês de maio. No comparativo com junho de 2019 a diminuição no volume médio embarcado está em 9%.

A média da receita diária exportada está 30% menor em junho/20 em comparação com maio/20, chegando a US$ 23,74 milhões com a venda de proteína bovina. Tais números ligam o sinal de alerta para as renegociações chinesas, um “respiro” das compras por parte do país asiático pode afetar diretamente os preços no mercado interno, já que o consumo no país está fragilizado.

As nossas projeções de exportações de carne bovina indicam para um volume embarcado entre 110 e 120 mil toneladas em junho/20. (Canal Rural)

Deixe seu comentário
Publicidade