Engenheira nomeada na ANEEL não é mais esposa de senador de Rondônia

91

Repercutiu na última semana a nomeação da engenheira civil Andréia Schmidt a um cargo de assessora de um dos diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Efrain Pereira da Cruz, que exerceu diversos cargos da Eletrobrás em Rondônia, e que teria chegado à ANEEL por indicação do ex-senador Valdir Raupp. Nas matérias, Andréia é chamada de Andréia Schmidt Brito, e seria esposa do senador de Rondônia, Marcos Rogério, atual presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal.

Pesquisando no site da agência é possível encontrar o nome de Andreia Schmidt, nomeada neste mês de junho de 2020, como assessora do diretor Efrain. Não consta, porém, o sobrenome Brito, o mesmo do senador Marcos Rogério, citado nas reportagens. A reportagem buscou descobrir o porquê. É que Andreia Schmidt, engenheira civil desde 2017, não é mais esposa do senador Marcos Rogério.

De qualquer forma, a nomeação tem sido vista como resultado de influência política. A reportagem buscou verificar o curriculum da engenheira, para checar se além da suspeita de se tratar de mera indicação política há qualificação que a habilite para o cargo de assessora. Segundo o site da ANEEL, Andreia tem “especialização em Projeto, Execução e Manutenção de Edificações e mestrado em fase de conclusão em Engenharia Civil, pela Universidade Fernando Pessoa, na cidade de Porto, Portugal. Anteriormente experiência no Banco da Amazônia no setor de financiamentos rurais, Prefeitura Municipal de Ji-Paraná na Secretaria de Fazenda e na Procuradoria Geral do Município.”

A reportagem foi além, verificando quais são as atribuições de um assessor de diretoria. Conforme a Resolução Normativa nº 503/2012, da própria agência, os exercentes do cargo são responsáveis pela realização de estudos e pesquisas, elaboração de informativos, pareceres e consultas, além de instrução de processos administrativos, relatórios minutas de votos ou decisões dos diretores e participar de comissões, comitês ou grupos de trabalho.

Além de Andreia, o próprio Efrain fez outras nomeações recentes, assim como outros diretores da ANEEL. Comparando o curriculum da engenheira de Rondônia com os demais assessores, não se pode dizer que não tenha qualificação técnica para o cargo de assessoramento. As informações estão disponíveis no site da agência: www.aneel.gov.br.

Deixe seu comentário
Publicidade