Empresários de Israel anunciam U$ 80 milhões em projeto para impulsionar produção de peixe

468
Foto: Irene Mendes/Emater-RO

Ocupando o 3º lugar como maior produtor de peixes do Brasil e sendo líder na produção de peixes nativos em cativeiro no país e também na produção de tambaqui  de acordo com o Anuário da Piscicultura 2022 da Associação Brasileira da Piscicultura – PEIXE BR, Rondônia deu um passo importante para alavancar a piscicultura nesta terça-feira (24) com o anúncio do projeto “Pride”, de iniciativa de investidores de Israel, que trata-se da implantação de um Centro de Conhecimento Sustentável para ajudar a cadeia produtiva de peixes, especificadamente o tambaqui, a se fortalecer.

O projeto foi anunciado durante o segundo dia da 9ª Rondônia Rural Show, que segue com programação até o dia 28, no Parque Vandeci Rack, em Ji-Paraná. O ‘‘Pride”, em inglês, significa orgulho, busca valorizar a aquicultura por meio de pesquisas tecnológicas e científicas. Em Rondônia, a implantação da mega fazenda de tambaqui, que servirá como um local de treinamento para produtores,  está prevista para acontecer no município de Ariquemes, no Vale do Jamari.

O investimento total do empreendimento é estimado em U$ 80 milhões de dólares. A projeção é que sejam gerados nos primeiros seis meses, 50 postos de trabalho, e que em um ano alcance 100 pessoas. Entre 5 a 7 anos, a expectativa é alcançar 5 mil postos de trabalho. O “Pride” tem como meta implantar um restaurante de tambaqui de Rondônia em Nova York até 2023 e triplicar a produção até 2028.

Fonte: Redação e Secom

Deixe seu comentário
Publicidade