Empresa negocia ‘devolução’ de concessão da BR-163

40
BR-163, que liga Mato Grosso ao Estado do Pará

A concessionária Rota do Oeste protocolou na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o pedido para devolução amigável da concessão da BR-163 em Mato Grosso. A empresa assumiu a concessão da rodovia em março de 2014, num trecho que vai da divisa de Mato Grosso até o município de Sinop. O contrato previa a duplicação de pouco mais de 453 quilômetros em cinco anos, porém, até hoje apenas 120 quilômetros foram duplicados pela empresa.

O diretor-presidente da Rota do Oeste, Júlio Perdigão, disse que desde 2016 a empresa buscava alternativas para conseguir retomar o cronograma de duplicação previsto no contrato. Ainda segundo ele, antes de optar pela devolução, tentou a troca dos acionistas que controlam a empresa, mas que não houve sucesso.

“O prolongamento da malha ferroviária assustou os investidores, pois eles sabem que boa parte do volume de carga que trafega na BR-163 é de grãos, e boa parte dessa carga vai migrar para a ferrovia e isso foi a gota d’água para inviabilizar o controle da concessão”, explicou Perdigão.

Fonte: Canal Rural

Deixe seu comentário
Publicidade