Deputados voltam a denunciar crise do leite ocasionada pelo Italac

"Existe um cartel liderado pelo Italac. O preço do leite que é pago ao produtor é um absurdo"

10
Deputado Laerte Gomes voltou a denunciar cartel liderado pelo Italac

Os deputados estaduais voltaram a denunciar na tribuna da Assembleia Legislativa uma nova crise do leite no estado de Rondônia ocasionada pela empresa Italac. A denúncia chegou ao parlamento por meio do deputado Laerte Gomes (PSDB) e ganhou apoio dos deputados Lazinho da Fetagro (PT), Jean Oliveira (MDB) e Adelino Follador (DEM).

Segundo os deputados, os laticínios instalados no Estado estão sendo beneficiados com incentivos fiscais da Secretaria de Estado de Finanças, mas esse benefício não está alcançando os pequenos produtores de leite. Segundo os deputados, estão fazendo um covardia com os pequenos produtores.

“Existe um cartel liderado pelo Italac. O preço do leite que é pago ao produtor é um absurdo. Os produtores estão revoltados com esse modelo de negócio, que só beneficia o Italac. Em outros estados, o litro do leite é pago no valor de R$ 2,20, enquanto em Rondônia é pago R$ 1,20”, disse Laerte, acrescentando que o Italac tem 90% de isenção de imposto.

No próximo dia 22, a pedido do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Alex Redano (Republicanos), haverá uma reunião na Assembleia Legislativa para tratar do assunto com a participação de vários segmentos da sociedade e representantes da cadeia produtiva do Estado.

Deixe seu comentário
Publicidade