CPI aprova relatório recomendando ação contra diretores da Energisa

20

A Comissão Parlamentar de Investigação (CPI) que investiga indícios de irregularidades e práticas abusivas contra os consumidores de energia elétrica, praticadas pela empresa Energisa em Rondônia, aprovou nesta terça-feira (15) o relatório dos trabalhos e recomendou ação contra os diretores da empresa.

O relatório lido em plenário recomenda aos Ministérios Públicos Estadua e Federal que ingresse com uma ação de responsabilidade penal  contra os diretores do grupo Energisa. O relatório recomenda ainda junto a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) uma nova licitação para contratação de empresa de fornecimento de energia elétrica no Estado bem como a caducidade do atual contrato de concessão do serviço de energia.

A CPI, conforme relatório apresentado pelo deputado Jair Montes (Avante), comprovou descaso com os consumidores de Rondônia após constatar ameaça de conte no fornecimento de energia elétrica.

Os integrantes da CPI constataram que a empresa possui uma dívida de R$ 2,100 bilhões junto ao governo do Estado e promoveu ajuste injustificado da tarifa de energia. A comissão pediu ainda o fim termo de cooperação entre a Polícia Civil e Energisa.

A presidência dos trabalhos foi conduzido pelo deputado Alex Redano (PRB). O relatório reúne mais de 50 páginas e foi lido pelos deputados Jair Montes, Ismael Crispim (PSB) e Cirone Deiró. Cópias do relatório serão enviadas ao Tribunal de Justiça e MPFs, Aneel e Assembleias Legislativas.

Fonte: valoremercadoro.com.br

Deixe seu comentário
Publicidade