Conab aponta previsão de queda na produção de café em 2021

4

O primeiro levantamento de Café 2021 aponta para uma queda na safra do produto. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a estimativa é que a produção fique entre 2,3 e 2,4 milhões de sacas de 60 quilos, o que representa um volume inferior de 6% a 2% quando comparado com o resultado obtido em 2020.

A expectativa de uma menor produção é em função da queda na produtividade para a safra 2021, situada entre 36,15 a 37,69 sacas por hectare, 6% a 2%, inferior à obtida na safra passada. Em algumas áreas produtoras, as chuvas escassas, aliadas a altas temperaturas, sol intenso e a umidade baixa, prejudicaram a formação das lavouras justamente na fase de florescimento, provocando, em parte, o abortamento da florada, formação e queda dos chumbinhos e redução do número de grãos por roseta, o que permite observar que os ramos estão com as cargas mais baixas.

Outro fator que contribuiu para a baixa na produção foi o fato de que em muitas propriedades de área irrigada os reservatórios de água não foram suficientes para suprir as necessidades de água para a planta. Mesmo com a chegada do período chuvoso, os produtores enfrentaram condições climáticas adversas. Em determinadas localidades as chuvas foram dispersas e com intervalos longos, o que também prejudicou a expansão dos frutos.

Já a área total de café praticamente se mantém estável em relação a 2020, ou seja, 63.569 hectares em produção e 5.630 hectares em formação, sendo a área total de 69.199 hectares.

Outras informações sobre a safra de café neste ano podem ser encontradas no 1º levantamento já disponível no portal da Companhia.

Fonte: Conab

Deixe seu comentário
Publicidade