BR-421: DER inicia aterro das cabeceiras da ponte no rio Jamari

7

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos), comemorou a boa notícia de que o Departamento de Estradas de Rodagens (DER), através da 2ª Residência de Ariquemes, está trabalhando na obra de aterro da ponte sobre o rio Jamari, na BR-421, ligando a Monte Negro, Campo Novo de Rondônia e Buritis. No primeiro momento, está sendo feita a obra de contenção, com rochas, em razão do período chuvoso, sendo a preparação para o aterro em si, que será feito posteriormente.

“A ponte está pronta, mas faltam as cabeceiras e por determinação do governador Marcos Rocha, o diretor geral do DER, Elias Rezende, autorizou a Residência do DER de Ariquemes a iniciar a obra, que está a todo vapor com a chamada contenção, utilizando rochas, nesse primeiro momento”, explicou Redano. Esse trabalho de contenção segue durante o período chuvoso. No verão, será feita a camada de aterro, executado o subleito, a sub-base, a base e a imprimação da base, para em seguida ser executada a capa em asfalto CBUQ.

O agricultor Antônio Valença, de 63 anos, é morador da zona rural de Campo do Novo de Rondônia há 25 anos. Ele sempre transita pela BR-421, seja para buscar tratamento de saúde ou para tratar de negócios em Ariquemes. “A ponte hoje tem só uma mão, mas a ponte nova, com mão e contra-mão, está prontinha e faltam as cabeceiras. Quando estiver pronta, vai ser mais seguro e mais rápido de passar por aqui”, testemunhou.

A Residência do DER de Ariquemes, sob o comando de Rogério Nicácio, também atua na recuperação de cerca de 70 quilômetros de estrada, no travessão B-20, que liga o município de Alto Paraíso ao distrito de Triunfo, em Candeias do Jamari.

“Agradeço ao governador Marcos Rocha e ao diretor do DER, por mais essas obras que contemplam a população do Vale do Jamari. Agradeço ainda à Residência do DER de Ariquemes, através do residente Rogério Nicácio, e a todos os seus servidores, que estão empenhados nessas duas frentes de trabalho, para garantir o trânsito com segurança para que precisa se deslocar por essas localidades”, finalizou Redano.

Texto e foto: Assessoria

Deixe seu comentário
Publicidade