Rondônia registra aumento de novas vagas de trabalho

Dos 52 municípios rondonienses, Porto Velho foi o teve o maior número de novos empregos gerados em maio.

9
Apesar da pandemia, comércio varejista teve bom desempenho em Rondônia

Rondônia foi um dos poucos estados brasileiros  que conseguiu manter a oferta de emprego em maio. É o que aponta o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal, divulgado pelo Ministério da Economia.

De acordo com o levantamento, no período, o estado registrou 9.882 contratações e 8.584 demissões, gerando um saldo positivo de 1.298 novos empregos, o equivalente a 15,12%.

Os cinco segmentos econômicos que puxaram a taxa de emprego de Rondônia para cima foram  o Comércio, que apresentou um saldo de 656 contratações, a Construção Civil (280 empregos gerados), Serviços (272), Agropecuária (70) e Indústria (20).

Os dados do Caged mostram ainda que no  comércio foram feitas 1.324 contratações, enquanto o número de demissões foi de  910 desligados, gerando um saldo positivo de 414  (45,49%) novos empregados. Serviços foi também o que mais demitiu, tendo 1.164 pessoas sido desligadas de seus empregos e 1.137 admitidas, se tornando o único setor da economia com um saldo negativo no mês, de – 27.

Dos 52 municípios rondonienses, Porto Velho foi o teve o maior número de novos empregos gerados em maio.

Foram 3.122 contratações e 2.552 demissões na  a capital do Estado, o o que totaliza 570 novos postos de trabalho criados, tendo um saldo positivo de 22,33%.

Fonte: Diário da Amazônia

Deixe seu comentário
Publicidade